Saberes acessíveis

Ciclo de Trabalho 7 Artigo
Cover sistema pu%cc%81blico de relacionamento com o cidada%cc%83o do ceara%cc%81
"Dados sem entendimento não passam de números vãos"

"No sertão brabo, na romaria, debaixo da estátua de Padim Ciço, no frio de tremer o queixo na serra, nas quebradas do litoral de um litoral que é massa! Todo canto demanda um saber. Um querer saber. No sertão, o agricultor precisa se informar se a semente chega, se o dinheiro do garantia safra vai ser depositado. O romeiro quer saber se tem atendimento numa UPA se sofrer acidente na descida do Horto. O turista precisa saber o rumo que leva à Jericoacoara. Por isso, um sistema de informação acessível é fundamental para fortalecer o conhecimento. É preciso conhecer para cobrar, para ser vigilante, num momento em que poderes públicos são colocados à prova.

Mas não basta apenas deixar um monte dados reunidos de forma inacessível. Dados sem entendimento não passam de números vãos. Por isso, o Sistema de Relacionamento com o Cidadão também vai enfrentar um desafio arretado: vai ter até mesmo tradução para o ceares, esse jeito peculiar de falar do cearense, um povo que reúne inventividade e humor até mesmo na hora de se expressar. Até porque o cidadão demanda de dado traduzido, na sua linguagem, na sua forma de se comunicar. O ceares é apenas um argumento para tornar as informações do portal da transparência mais acessível.  Mais um elemento para tentar atrair o cidadão e tornar o Sistema efetivo, capaz de garantir o direito à informação, extremamente caro e importante para melhorar a qualidade da democracia. Agora pronto!"

Clique aqui e inscreva-se em nossa lista para receber as novidades do Sistema Público de Relacionamento com o Cidadão do Ceará.